terça-feira, 10 de julho de 2007

Esse texto eu escrevi há 4 anos atrás, quando eu estava num momento de descoberta fascinada pela minha cidade. Agora, minha visão é muitíssimo mais crítica e desmistificadora da urbe que habito, esses dados que listei me parecem humanamente irrelevantes.

"O Valor do Recife

Nós recifences nem sempre temos noção da importânica da nossa cidade.
Este texto é só para destacar o grande valor da Veneza Brasileira.
Pouca gente sabe que o Recife:
É o centro industrial do Nordeste, o centro universitário, o centro político, o centro cultural.
Isso tudo segundo a enciclopédia Barsa (de 2004), a mesma que definiu o Recife como "uma espécie de capital do Nordeste", talvez por que o Recife tenha:
O maior aeroporto, o maior centro de agro-negócio do Norte/Nordeste .
O maior porto, a maior termoeléctrica, o maior Centro de Convenções, o maior hospital do Nordeste.
E, certamente, não é só no Nordeste que o Recife é importante:
Tem o quinto museu mais visitado do Brasil - o Instituto Ricardo Brennandt.
Tem o maior porto digital do Brasil.
O maior Campus de informática do Brasil.
É a Quarta melhor cidade para trabalhar do Brasil – Segundo a Fundação Getúlio Vargas.
Nós também temos a maior casa de shows da América Latina.
A maior via pública em linha reta da América Latina.
Tem o segundo pólo médico do Brasil.
A terceira maior rodoviária da América Latina.
E, vai ter o maior estaleiro do Hemisfério sul (que vai exportar navios para o mundo todo, no porto de Suape).
E não é de agora que o Recife se destaca:
Recife tem o primeiro canal educativo do Brasil - a TV Universitária.
O primeiro trem urbano do Brasil.
A primeira orquestra sinfônica do Brasil - a Orquestra Sinfônica do Recife.
O primeiro livro impresso no Brasil, e está aqui o primeiro escrito no Brasil -‘Prosopopéia’ de 1606.
O teatro mais antigo em funcionamento do Brasil - o Teatro Apolo.
O primeiro instituto histórico regional do Brasil - o Instituto Arqueológico Histórico e Geográfico.
A primeira Assembléia Legislativa da América do Sul.
A primeira faculdade de direito do Brasil, junto à de São Paulo, sendo por isso o berço jurídico do País.
Nós temos a primeira ponte do Brasil, a primeira que se tem registro na América - a Ponte Maurício de Nassau.
O primeiro observatório astronômico das Américas - contruído por Nassau no seu palácio.
A primeira sinagoga das Américas, dos judeus que foram expulsos do Recife e fundaram Nova York...
O primeiro jornal em circulação na América Latina, sendo também a primeira publicação editada no mundo em língua portuguesa - segundo o próprio Diário de Pernambuco.
É a primeira cidade projetada da América Latina - projetada na época dos holandeses.
E, o Recife foi o destino da primeira missão científica a cruzar a linha do Equador.
E para fechar, um dia desses eu estava assistindo a RTP (Radio e Televisão Portuguesa) e tinha a temperatura nas principais cidades da América: Buenos Aires, La paz, Montevidéu, Lima... Tinha a de Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, e? Salvador? Porto Alegre? Não, do Recife!"

3 comentários:

Malheiros disse...

ae josias
até q enfim publicasse o texto sobre recife
em outra oportunidade eu lerei sobre 'o homem medíocre'
vc poderia escrever sobre a arquitetura do centro d recife
bom, é isso
falou

Gabriela disse...

viva :)

JFGama disse...

a mais violenta cidade.